Apresentação

A Engenharia Cartográfica e de Agrimensura é a área da Engenharia responsável pelo levantamento e representação da superfície terrestre. Exige o conhecimento de métodos e técnicas para coletar, processar e representar dados, assim como informações sobre fenômenos cuja localização, variabilidade e dinâmica estejam relacionadas à superfície terrestre.

Estes métodos e técnicas são desenvolvidos pelas ciências Geodésicas: Geodésia, Fotogrametria, Sensoriamento Remoto, Cartografia e Sistemas de Informações Geográficas.

Representar a superfície física da Terra sempre foi um desafio para o ser humano. A necessidade de conhecer, ocupar e explorar o território sempre se fez presente na evolução da humanidade. No mundo moderno o mapa é um elemento fundamental para a compreensão de um fenômeno espacial; para o conhecimento, ocupação e exploração organizada, justa e sustentável da superfície física da Terra. Mapas, mais do que instrumentos de segurança nacional, são hoje instrumentos de desenvolvimento econômico e social sustentável.

O conhecimento do espaço físico viabiliza soluções eficientes e racionais para os problemas de gestão política e gerenciamento técnico. A evolução tecnológica possibilita que o Engenheiro Cartógrafo e Agrimensor possa trabalhar com representações em 3 dimensões e utilizar métodos cada vez mais precisos de localização espacial. A obtenção de dados espaciais, atualmente, se dá de forma rápida e dinâmica, possibilitando que aplicações baseadas em mapas digitais auxiliem no monitoramento e controle de fenômenos que ocorrem na superfície da Terra.

O Brasil carece de profissionais que coordenem, implantem e fiscalizem o mapeamento sistemático de seus territórios, contribuindo efetivamente para o desenvolvimento da sociedade.

O campo de trabalho do Engenheiro Cartógrafo e Agrimensor está em franca expansão neste início de século. Fazem parte de suas atividades profissionais: o controle da criminalidade e de tráfego; a previsão de demanda de mercado para um determinado ponto comercial; a expansão imobiliária; a necessidade de aplicação de políticas públicas; o controle de desmatamento; o apoio a grandes obras de Engenharia; e o monitoramento de grandes estruturas, por exemplo.

Sobre o Curso da UFPR 

O curso de Engenharia Cartográfica existe desde 1977 na UFPR e vem se modernizando continuamente a fim de atender as necessidades do mercado. A partir de 2012 o curso passou a se chamar Engenharia Cartográfica e de Agrimensura, ampliando sua área de formação e também as possibilidades de atuação profissional de nossos alunos.

O curso tem duração de 5 anos e são ofertadas 44 vagas anualmente. Com quase 600 profissionais formados desde a sua criação, o Curso se mantém entre os mais conceituados do país em avaliações como o ENADE – Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes, realizado pelo MEC, e o Guia do Estudante, publicado anualmente pela Editora Abril. Esses resultados são reflexos da atuação de um corpo docente altamente qualificado – composto em sua maioria por Professores Doutores – e dos constantes investimentos em infra-estrutura.

As disciplinas se dividem em núcleos de formação básica, profissionalizante e específica, e buscam aperfeiçoar o estudante no raciocínio matemático e computacional, valorizando a interdisciplinaridade, além de prepará-lo para a atuação no mercado de trabalho. Além das aulas teóricas, a formação é complementada por aulas práticas em campo e em laboratório, bem como com a realização de estágios e de outras atividades extracurriculares.